Departamento Estadual de Rodovias completa 72 anos

19 de outubro de 2018 - 08:26

Cumprindo a missão de encurtar distâncias, aproximando as pessoas, o Departamento Estadual de Rodovias – DER completa, nesta sexta -feira (19), 72 anos de serviços prestados em todo o Ceará. Vinculado à Secretaria da Infraestrutura – Seinfra, o órgão reforça a cadeia produtiva do estado, através da construção, manutenção e fiscalização de estradas e aeroportos. Ao todo, são mais de 8 mil quilômetros de rodovias pavimentadas, além de 12 aeroportos administrados pelo DER no estado.

Para o Superintendente do DER, Sérgio Azevedo, os investimentos realizados ao longo dessas sete décadas contribuíram para o desenvolvimento das atividades econômicas e para o crescimento do estado. “Além dos custos de operação caírem significativamente, a melhoria da infraestrutura aproximou as regiões, ampliando, consequentemente, a oferta de serviços à população”, acrescenta o Superintendente.

Atualmente, o DER é responsável por 11.669,7 km de malha rodoviária cearense. Deste total, 8.028 km estão pavimentados. Somente este ano, por meio do  Ceará de Ponta a Ponta, Programa de Logística e Estradas do estado, já foram concluídos 260,13 km de obras de pavimentação, restauração e de duplicação e outros 703,51 km de obras rodoviárias estão em andamento.

O Secretário da Infraestrutura, Lucio Gomes, reforça a importância destas obras. “Um estado, obviamente, não se desenvolve sem ter uma logística, sem ter estradas e aeroportos. E é aí que está o maior investimento que o Ceará tem vivido nos últimos anos. São obras importantíssimas porque ligam pessoas, transportam a produção e promovem o turismo”, ressalta.

No setor aeroportuário, o DER implanta, reforma e administra aeroportos cearenses. Dos 12 equipamentos administrados pelo DER (Camocim, Jericoacoara, Itapipoca, Aracati, Russas, Quixadá, Iguatu, Tauá, Campos Sales, Limoeiro do Norte, São Benedito e Sobral), dez já estão em pleno funcionamento. “A meta é que haja, a partir de qualquer ponto do estado, um aeródromo homologado a um raio máximo de 100 quilômetros”, ressalta o Superintendente do órgão. Ele reconhece que os equipamentos são importantes fatores de integração entre as regiões do estado, além de contribuir para o incremento do turismo interno, externo e de negócios.
 
Saiba mais 
Inicialmente chamado de Departamento de Estradas de Rodagem do Ceará, o DER  depois passou a se chamar Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem – DAER. Em 1990, incorporou a Superintendência de Transportes Intermunicipais e Terminais Rodoviários do Estado do Ceará – SUTERCE, assumindo a gerência do sistema de transportes intermunicipais de passageiros na Região Metropolitana de Fortaleza e em todo o Estado, e passando a ser denominado Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes – DERT.

Sete anos depois, a Superintendência de Obras do Estado do Ceará – SOEC integrou-se ao DERT, mantendo a mesma sigla, porém com denominação diferente, sendo Departamento de Edificações, Rodovias e Transportes. Com as mudanças, o órgão também ampliou sua área de atuação, deixando de trabalhar apenas com rodovias estaduais e transportes (metropolitano e intermunicipal) e entrando no segmento de edificações, o que fez com que o nome do departamento fosse alterado, mais uma vez, em 2007, para Departamento de Edificações e Rodovias – DER.

Em 2011, o Governo do Ceará, dentro das estratégias estabelecidas para o incremento infraestrutural do Estado, mais precisamente no que se refere às edificações e rodovias sob sua jurisdição, realizou nova reforma institucional, transformando o DER em duas novas autarquias, igualmente vinculadas à Seinfra. Criou, assim, o Departamento de Arquitetura e Engenharia – DAE (Lei nº 14.824, de 25.01.2011) e o atual Departamento Estadual de Rodovias – DER.

Hoje, com sede em Fortaleza e 11 divisões regionais, distribuídas entre os municípios de Maranguape, Aracoiaba, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Santa Quitéria, Quixeramobim, Sobral, Crateús, Iguatu, Crato e Tauá, o DER se faz presente e mantém suas ações efetivas em todo o Ceará.