Seinfra apresenta projetos a Banco de Desenvolvimento dos Brics

11 de dezembro de 2018 - 14:36

O Secretário da Infraestrutura do Ceará, Lucio Gomes, recebeu nesta segunda-feira (10) representantes do New Development Bank (NDB), também conhecido como Banco de Desenvolvimento dos Brics. Na reunião, que contou com a participação do Assessor Especial para Assuntos Internacionais do Ceará, Hélio Parente, o titular da Seinfra apresentou projetos importantes para promover a infraestrutura nas áreas de logística, turismo e mobilidade urbana no estado.

Ao todo, foram apresentados seis projetos. Na área rodoviária, o Secretário mostrou detalhes da duplicação total da CE-085, especificamente no trecho Trairi-Preá, importante para impulsionar o turismo do Litoral Oeste do estado, e da implantação do Arco Metropolitano, projeto de rodovia para ligar a BR-116 ao Porto do Pecém, reforçando o acesso de cargas ao Complexo Industrial e Portuário do Pecém – CIPP. Para melhorar a infraestrutura aeroportuária, foi apresentado o projeto do Novo Aeroporto de Sobral.

As outras propostas que fizeram parte da lista foram do setor metroferroviário. Lucio Gomes iniciou mostrando a Linha Leste do Metrô de Fortaleza, que já teve a ordem de serviço assinada para as obras do trecho Centro – Papicu, a chamada Fase I. Na apresentação aos representantes do banco chinês, o Secretário mostrou o outro trecho do projeto, que vai do Papicu ao bairro Edson Queiroz. “Esse trecho conta com mais 5,9 quilômetros e outras cinco estações, além das estações Catedral, Luíza Távora e Leonardo Mota, que fazem parte do primeiro trecho, entre o Centro e o Papicu”, ressaltou o Secretário.

Na lista, ainda em fase inicial de concepção, constaram ainda um bondinho turístico na região da Av. Beira Mar, cuja ideia é ligar o Porto do Mucuripe ao Centro da capital, e uma linha em monotrilho, conectando Parangaba ao Aeroporto de Fortaleza.

A comitiva do NDB tirou dúvidas sobre os projetos e se mostrou otimista com a parceria a ser firmada entre o banco e o Estado do Ceará. “Nós recebemos um feedback muito positivo em Brasília de que o estado é excelente para se trabalhar, já que tem as contas bem equilibradas. Isso aumentou o desejo do banco de estarmos aqui”, reforçou Alexandre Takahashi, do departamento de operações do banco.

A reunião também contou com a presença do presidente do Metrofor, Eduardo Hotz, do diretor de Desenvolvimento e Tecnologia do Metrofor , Edilson Aragão e do diretor de obras rodoviárias do Departamento Estadual de Rodovias, Quirino Ponte.